SERASA tem serviço gratuito online para consulta do “nome sujo”.

Além de fazer consultas, você poderá negociar a sua dívida.

Os consumidores podem contar com uma ferramenta para consultar se o CPF está regularizado.

O consumidor poderá verificar através do site www.serasaconsumidor.com.br ou, pelo aplicativo, para usuários de smartphones Android.

A consulta ao Serasa, antes dessa ferramenta, só era permitida presencialmente nas agências da empresa.

O consumidor que tem o nome negativado, ou como é popularmente conhecido, “nome sujo”,  é incluído em cadastros de proteção ao crédito, instituições que disponibilizam para empresas o nome dos consumidores inadimplentes.

Para “limpar” o seu nome e não ter mais restrições nas compras a crédito, é necessário pagar a dívida.

Nesse mesmo site é possível também renegociar dívidas atrasadas diretamente com o credor, no caso da empresa participar do programa “Limpa Nome Online”.

Através do site, o consumidor conseguirá informações sobre suas pendências financeiras relativas a débitos, como valores e a data de vencimento.

É possível também informar sobre documentos e cheques roubados. O serviço é gratuito.

O serviço disponibiliza também informações detalhadas sobre os credores.

Como fazer a consulta:

Basta preencher um cadastro. Para garantir a segurança, é necessário fornecer o número de celular para receber um código de validação de SMS e autenticá-lo ao entrar no serviço online.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, o seu cadastro com o “nome sujo” ficará até cinco anos da data do vencimento do débito.

Depois desse período, seu nome fica “limpo” e você poderá assumir novos créditos no mercado, mas sua dívida com o banco ou a loja continua e vai aumentar, a cada mês, com os juros.

Fonte: EA1.

 

 

Inscrições abertas para o PROUNI. São mais de 243 mil bolsas de estudo.

Walmart oferece 45 vagas para “Jovem Aprendiz”.