Tarifa social – Saiba como conseguir desconto na conta de energia elétrica 

Publicidade

Certamente você já deve ter ouvido falar na tarifa social, correto? Afinal de contas, todos nós estamos buscando uma forma de reduzir despesas e, inegavelmente, essa é uma ótima forma de fazê-lo.

Com a finalidade de apoiar as famílias de baixa renda, o Governo Federal criou um benefício social para apoiá-los . Dessa forma, haverá uma redução nos valores cobrados na energia elétrica, para essas famílias.  

Publicidade

Muitas famílias serão beneficiadas com o “tarifa social” e será extremamente importante saber mais sobre esse assunto. Principalmente, se quisermos nós mesmos ter alguma redução em nossas contas. Acompanhe a leitura e saiba mais sobre o assunto. 

Fonte: Imagem do (Google)

Por que os valores relacionados à energia elétrica aumentaram tanto? 

Com toda a certeza, esse questionamento é feito pelos brasileiros em todos os cantos do país. Sem dúvida, nos últimos meses você notou que os aumentos aconteceram de forma desenfreada. Nós vamos explicar abaixo a razão disso e sobre a tarifa social.

Primeiramente, a crise hídrica e o consumo desenfreado de energia são os principais causadores de qualquer aumento. E, também, temos que levar em conta que nós brasileiros não temos muita consciência ou nos preocupamos com isso.  

Como resultado dessa falta de consciência, acabamos por entender que, sem dúvida alguma, haverá um aumento previsto mínimo de 22% para o ano 2022. Portanto, prepare-se para mais esse aumento nas suas contas.

Você vive no país cuja energia é a segunda mais cara do mundo 

No momento em que ler essa informação, as coisas podem fazer um pouco de sentido para você. Com toda a certeza, você já deve ter ouvido falar sobre isso, não é mesmo? O Brasil é o segundo país do mundo com a energia elétrica mais cara.  

Publicidade

De acordo com dados atualizados pela a Agência Internacional de Energia, o Brasil está, atualmente, apenas atrás da Alemanha. No entanto, há uma chance muito grande de passar para o primeiro lugar em breve. Entende agora a importância da tarifa social?

Em resumo, o quadro seguirá assim por muito tempo. Inegavelmente, isso acontecerá enquanto o Poder Público não investir no desenvolvimento de tecnologias através de energias eólicas (pelo vento) e fotovoltaicas (pela luz solar) . 

Quer saber um pouco mais sobre a tarifa social?

Sem dúvida, isso é algo que você quer saber agora mesmo! A tarifa social é um benefício que pode gerar uma redução na tarifa de forma muito boa para uma parte da população. Sem dúvida, isso é uma excelente notícia. 

De acordo com informações passadas pelo Governo Federal, em alguns casos, a redução pode variar de 65% a até 100%. Com a finalidade de saber quem exatamente será beneficiado, devemos ficar atentos a essas informações, não é mesmo?  

Surpreendentemente, nem todas as famílias ou unidades de consumo de energia terão as vantagens que esse benefício social proporcionará. É preciso ficar de olho para saber se você tem direito ou não. Portanto, continue a leitura até o final.

Quais são os descontos concedidos e quem tem direito ao benefício tarifa social?

Com toda a certeza, os descontos oferecidos pelo benefício tarifa social de energia elétrica são bastante atrativos. Só para exemplificar, como dissemos acima, pode atingir 65% nas famílias de baixa renda e 100% para Quilombolas e indígenas. 

Primeiramente, temos que entender que esse desconto terá alteração, sempre que houver mudança na faixa de consumo de energia. Como resultado, isso significa dizer que, para o desconto ser maior, terá que haver um menor consumo de energia. 

Desse modo, famílias que atingirem um consumo superior a 220 kWh, não terão nenhum tipo de desconto e, os que atingirem até 30 kWh terão 65% de desconto. Descubra agora quem tem direito e como solicitá-lo: 

  • Primeiramente, as famílias devem se encaixar nos seguintes critériso estabelecidos: estar inscritas no CadÚnico, com renda familiar, por mês e por pessoa, menor ou igual a meio salário mínimo.
  • Em segundo lugar, deve receber o Benefício de Prestação Continuada (BPC).
  • Em terceiro lugar, deve estar cadastrado no CadÚnico, com renda mensal de até 3 salários mínimos e comprovadamente, ser portador de doença, com tratamento que requeira o uso continuado de aparelhos. 
  • Posteriormente, deve estar inscrito no CadÚnico como indígena ou quilombola, de forma comprovada.
  • Em suma, cada estado tem a sua concessionária de energia. No caso da ENEL, que distribui energia em vários estados brasileiros, você deve ligar na Central de Atendimento ou presencialmente e informar os dados solicitados, entre eles o NIS – Número de Identificação Social.

Saiba como identificar o Número de Identificação Social (NIS) para solicitar o benefício 

Sem dúvida você já ouviu falar do app “Cadastro Único”. Como ele será possível você identificar onde se encontra o número de identificação social (NIS). Por certo, você precisará localizá-lo para requerer o benefício e receber o desconto na conta.

Antes de mais nada, saiba que você também pode localizar o NIS não somente no app, mas também no cartão bolsa família, no cartão cidadão ou na carteira de trabalho (PIS). Entretanto, lembre-se que é necessário estar inscrito no CadÚnico.

Acesse nosso site e confira nossas dicas de cursos.

Surpreendentemente, se você chegou até aqui, já está com muitas informações úteis sobre a tarifa social. Se você se enquadra nas condições para solicitá-lo, não perca tempo. Te desejamos sorte. Até breve.

Publicidade